Minhas expectativas do livro A Coroa!

Depois de muito tempo sem escrever (pois estou estudando), voltei para expor minhas expectativas sobre o último livro de A Seleção, que se chama A Coroa, que será lançado em duas semanas.

Primeiramente, farei um remember do último livro…

A Herdeira foi um livro muito controverso entre os fãs, pois Eadlyn não era uma personagem tão amaável e cativante como América, e sim uma garota mimada e orgulhosa, não que ela seja assim por mal, era a forma como ela se defendia do medo de acabar de apaixonando por um dos selecionados.

Dentre o selecionados, os que mais se destacaram foram:

Henri: É muito fofo, mas não sabe falar a língua da Eadlyn, o que complica um pouco as coisas.

Ean: É um dos entrevistados dos vídeos que promoveram o quarto livro, ele é bem misterioso, e deixa claro que não deseja o amor da princesa, e sim ser uma boa companhia.

Hale: Também é fofo, gosta de moda e foi entrevistado. Ele tenta provar que é digno da princesa todo dia, de alguma forma diferente.

Kile: Filho de Marlee e Carter, companheiro de infância de Eadlyn. Ele e a princesa vivem brigando, mas os dois renderam as melhores cenas do livro.

Bônus (não é um selecionado mas é importante mencioná-lo):

Erik ou Eikko: É o tradutor do Henri que acaba tendo um interesse pela Eadlyn, e a trata muito bem (não é para menos).

Caso queira ver a entrevista do Hale ou Ean, deixarei os vídeos no final do post.

O final do livro foi revoltante, Ahren se casa com Camille e foge para a França, deixa uma carta para Eadlyn explicando que as novas revoltas são por causa dela. E America tem um ataque cardíaco que a deixa em coma. Kiera Cass me impressionou.

Quando terminei minha leitura, algumas perguntas ficaram no ar:

  • Por que o Kile foi escolhido sendo que ele nem queria participar?
  • Será que Daphne e Maxon voltaram a ser amigos agora que seus filhos estavam noivos?
  • Onde está o irmão mais novo da America? o Gerad?

E a pergunta mais importante de todas:

Com quem a Eadlyn vai ficar?

A maior parte dos fãs quer que ela fique com o Kile, depois vem as Team Eikko. Eu realmente queria que a princesa ficasse com o Kile, porque, de todos os selecionados, ele também vê os defeitos dela e de certa forma o jeito dele a ajudaria a melhorar. O Eikko é muito puxa-saco, me desculpe, mas quase vomitei quando a protagonista falou sobre a Camille ser tão amada e ele disse q a Eadlyn é perfeita (Ah pare!). A Marlee não quer que seu filho saia do palácio, e um provável amor pela futura rainha seria um bom motivo para ficar, e seria algo que a Kiera faria.

Mas, esta autora também gosta de surpreender, então o Eikko pode muito bem se tornar uma escolha por não ser algo tão clichê. Vi algumas teorias sobre ele ser um rebelde, e estou ficando desconfiada disso, pois esse tradutor é bonzinho demais pro meu gosto.

Minha segunda opção é o Hale, é um personagem muito cativante, daqueles que eu queria que existisse na vida real. Mesmo se ele não ganhar eu gostaria que ele ficasse no palácio, seria uma ótima companhia.

Mudando de assunto, a página The Selection Quotes (a maior página brasileira de A Seleção) havia traduzido os dois primeiros capítulos de A Herdeira, mas os retirou devido a falsas acusações desses capítulos terem vazado, e não sido disponibilizados. Se vazou é porque foi hackeado, alguém conseguiu ter acesso “ilegalmente” e compartilhou na internet, mas não foi o caso; então tenham certeza antes de fazerem acusações sem fundamento.

Eu li os dois capítulos traduzidos, o que pôde responder uma das minhas perguntas, realmente, Daphne não perdoou Maxon por tê-la rejeitado, pois é citado que as relações entre a França e Illéa estão tensas: “A rainha Daphne está causando mais sofrimento emocional para a Família Real”. Eadlyn começa a ter uma postura mais gentil e madura, Aspen aparece um pouco mais, America continua em coma e Maxon mal consegue comer por causa da esposa. Em relação a romance, esses dois capítulos não tocaram nesta parte, então, por enquanto, fiquemos com nossas especulações.

Sobre os personagens, por terem tantos, eles não foram tão explorados, como a Neena (criada da Eadlyn) e a Paige, que embora tenha sido citada como criada da America, não apareceu mais. Queria saber o que aconteceu como Gerad e o Kota, queria que a Lucy ficasse grávida, que descobríssemos quem colocou o Kile na seleção e porquê. E o mais importante: queria que a Eadlyn soubesse como foi a seleção da mãe (algo que ela começa a se interessar logo no começo do próximo livro) e sobre o romance com Aspen.

Pelo que eu vi, maior parte das pessoas não gostaram da capa desse livro, mas eu gostei (principalmente da cor), não vi nada de feio ou estranho.

00000

Em “A herdeira”, o universo de A Seleção entrou numa nova era. Vinte anos se passaram desde que America Singer e o príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria Seleção.
Eadlyn não acreditava que encontraria entre os trinta e cinco pretendentes do concurso um companheiro de verdade, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… E agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil — e importante — do que esperava.

Liberaram o book trailer para ficarmos mais ansiosos! Assista clicando aqui

Vídeos das entrevistas:

Ean, Hale

Espero que tenham gostado! Comentem o suas teorias! Adoraria saber!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s