As Ruínas de Gorlan (Rangers) – Resenha

john-flanagan-rangers-ordem-dos-arqueiros-1-runas-de-gorlan-1-638

Durante a vida inteira, o pequeno e frágil Will sonhou em ser um forte e bravo guerreiro, como o pai, que ele nunca conheceu. Por isso, ficou arrasado quando não conseguiu entrar para a Escola de Guerra. A partir daí, sua vida tomou um rumo inesperado: ele se tornou o aprendiz de Halt, o misterioso arqueiro, que muitos acreditam ter habilidades que só podem ser resultado de alguma feitiçaria. Relutante, Will aprendeu a usar as armas secretas dos arqueiros: o arco, a flecha, uma capa manchada e… um pequeno pônei muito teimoso. Podem não ser a espada e o cavalo que ele desejava, mas foi com eles que Will e Halt partiram em uma perigosa missão: impedir o assassinato do rei. Essa será uma viagem de descobertas e aventuras fantásticas, na qual Will aprenderá que as armas dos arqueiros são muito mais valiosas do que ele imaginava.

O livro é focado em Will, um garoto órfão que fora criado como protegido pelo barão Arald, seu pai morreu na guerra contra Morgarath e seus monstros, os Wargals e a mãe morreu no parto. Will não era o único protegido do barão, todas as crianças que haviam perdido os pais na guerra também foram criadas no baronato. E quando os protegidos completavam 15 anos tinham que escolher seu futuro cargo, todos os colegas de Will já tinham certeza que os mestres dos ofícios aceitariam suas escolhas, menos a dele. O protagonista queria ir para a escola de guerra por causa de seu pai, mas tinha dúvidas de ser aceito pelo seu porte magro e pequeno.

Mas Halt, que era o arqueiro responsável por aquela região, decide recrutar Will, e o garoto vai aprendendo que ser arqueiro não é tão ruim quanto ele pensava e as pessoas diziam, muito pelo contrário, de que fosse até melhor do que ele pensava.

E em algumas partes presenciamos como era a vida de Horace como aprendiz na Escola de Guerra, onde o garoto sofre bullying, e como ele lida com isso.

E também não posso deixar de citar o acontecimento base dessa saga, Morgarath quer outra guerra, e dessa vez tem monstros piores e difíceis de matar, os Kalkaras (não é spoiler, já diz no começo do livro). E como a participação dos arqueiros na guerra foi bem significativa, é de se esperar que o vilão queira prejudicá-los bastante, e como ele pretende fazer isso é uma curiosidade que eu tenho em relação aos próximos livros.

No decorrer do livro vemos os obstáculos que estes personagens encontram e como eles vão se desenvolvendo diante disso, o livro é muito bom, acho que seria uma ótima recomendação para novos leitores, pois a escrita é bem leve.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s