Maze Runner: Prova de Fogo – Resenha

maze-runner-prova-de-fogo

Sinopse:

O Labirinto foi só o começo… o pior está por vir. Depois de superarem os perigos mortais do Labirinto, Thomas e seus amigos acreditam que estão a salvo em uma nova realidade. Mas a aparente tranquilidade é interrompida quando são acordados no meio da noite por gritos lancinantes de criaturas disformes – os Cranks – que ameaçam devorá-los vivos.
Atordoados, os Clareanos descobrem que a salvação aparente na verdade pode ser outra armadilha, ainda pior que a Clareira e o Labirinto. E que as coisas não são o que aparentam. Para sobreviver nesse mundo hostil, eles terão de fazer uma travessia repleta de provas cruéis em um meio ambiente devastado, sem água, comida ou abrigo.

Calor causticante durante o dia, rajadas de vento gélido à noite, desolação e um ar irrespirável – no Deserto do novo mundo até mesmo a chuva é a promessa de uma morte agonizante. Eles, porém, não estão sozinhos – cada passo é espreitado por criaturas famintas e violentas, que atacam sem avisar.

Manipulação, mentiras e traições cercam o caminho dos Clareanos, mas para Thomas a pior prova será ter de escolher em quem acreditar.

Nesse livro senti uma confusão de sentimentos, algumas perguntas foram respondidas, mas surgiram mais dúvidas. O livro teve um enredo muito interessante, gostei bastante dos novos personagens, que também são cheios de personalidade. No geral, o livro é repleto de aventura e emoções, teve até uma parte num dos últimos capítulos que cortou meu coração </3 😦

Queria muito poder falar sobre algumas cenas, mas nesse livro acontece tanta coisa que não quero estragar a leitura e ninguém com alguma insinuação ou spoiler.

Eu fiquei com muita pena de alguns personagens, que sofreram muito no deserto, fiquei até pensando que, se estivesse lá, não faria muita questão de viver. Num mundo onde existe uma doença onde você enlouquece completamente, tem a pele toda podre, come carne humana. Onde existe uma organização que quer encontrar uma cura, mas de forma desumana, enfim. Tem que ter muita força de vontade para lutar tanto para ter uma vida num mundo desse.

A adaptação desse livro saiu nos cinemas há pouco tempo, e não foi fiel ao livro, mudou bastante coisa e o final foi bem diferente. Eu ainda não sei se gostei do filme ou não. Não quero parecer chata, mas é que o livro foi tão bom, que não se via motivo pra mudarem as coisas, e o filme não passou as mesmas emoções que tive no decorrer da leitura.

Espero que vocês gostem desse livro tanto quanto eu, e comentem sobre as partes do livro que vocês mais gostaram. E, se vocês estivessem no lugar deles, teriam vontade de viver nesse mundo perdido?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s