Semideuses e Monstros

Eu comprei esse livro pensando que era mais um dos livros com algumas histórias envolvendo o trio que sentimos falta: Percy, Annabeth e Grover. Mas quando comecei a ler, percebi que estava enganada…

Capa_SemideusesMonstros_300dpi-712x1024Sinopse:

Quando fui convidado para editar esta antologia, não soube bem o que pensar. Por que tantos escritores talentosos iriam querer escrever sobre meus livros infanto-juvenis? E mesmo assim, quando li seus textos, fiquei impressionado. Cada um tinha uma perspectiva diferente sobre Percy Jackson todas fascinantes e intelectualmente instigantes. – Rick Riordan, na introdução de Semideuses e monstros.

A série Percy Jackson e os olimpianos conquistou milhões de fãs mundo afora. E engana-se quem pensa que só crianças e adolescentes foram inspirados pelos livros de Rick Riordan. Muitos adultos também se encantaram pelas aventuras, conflitos e angústias de Percy e seus amigos. Prova disso é Semideuses e monstros, uma coleção de ensaios que explora o universo da série com humor, leveza e boas doses de mitologia e história.

Com prefácio do próprio Riordan, que também participou da edição e organização dos textos originais, em Semideuses e monstros o leitor descobrirá como reconhecer monstros que espreitam ao nosso redor, quais são as dores e as delícias de ser uma caçadora de Ártemis, qual deus do Olimpo melhor se sairia no papel de pai e, mais importante: verá que os deuses gregos, assim como nós, são repletos de falhas e imperfeições o que os torna ainda mais irresistíveis.

Como dito na sinopse, esse livro é uma junção de várias “análises” de diferentes pontos da série Percy Jackson e os Olimpianos, algumas eu gostei bastante pois aprendi mais sobre alguns mitos gregos, e outras eu não gostei muito. Fui ver no skoob a opinião das pessoas que leram esse livro, várias gostaram dessa novidade, mas outras pensaram que era mais um livro com histórias, como eu, e se decepcionaram, ou curtiram também, como eu.

Reconhecimento de monstros para iniciantes, de Rosemary Clement-Moore

É como um guia para saber como conseguir identificar um monstro, os tipos de monstros, e como se comportar quando ver um.

Por que tantos monstros trabalham no comércio?, de Cameron Dokey

Como dito no título, explica o porquê dos monstros trabalharem no comércio.

Roubar o fogo dos deuses, de Paul Collins

O autor analisa o porquê a ideia de ser como Percy ou ter um pouco desse personagem é tão cativante para nós.

Que tal ser uma das Caçadoras de Ártemis?, de Carolyn MacCullough

Fala sobre os prós e contras de ser uma caçadora, a história de Ártemis e personalidade dela. Particularmente foi uma das “análises” que eu mais gostei.

Dioniso: Quem o deixou administrar o acampamento?, de Ellen Steiber

Antes de ler essa parte, eu duvidava sobre Dioniso ter sido a melhor escolha para diretor do acampamento, mas, ao me deparar com a opinião da autora, eu mudei de opinião, e por isso também é uma das minhas análises favoritas.

Ellen expressa a opinião dela sobre Dioniso e nos convence de que ele foi a melhor escolha para diretor, também fala sobre o deus nos mitos gregos e porque o vinho é tão importante.

Os deuses entre nós, de Elizabeth M. Raes

A autora explica que heróis não são coisa do passado, que talvez a pessoa que está ao seu lado é um semideus ou você seja.

Percy Jackson e os Senhores da Morte, de J. & P. Voelkel

O autor faz um paralelo entre a mitologia grega e a mitologia dos maias.

Mamãe mandou eu escolher…, de Jenny Han

A autora dá conselhos para a escolha dos pais olimpianos.

Percy, eu sou seu pai, de Sarah Beth Durst

As notas que a autora deu para cada pai e mãe, desde o prêmio de pior (expulsão), ao prêmio de melhor (nota A).

Mais maus, impossível, de Hilary Wagner

A autora fala sobre Hades, porque ela gosta tanto desse deus, fala um pouco sobre a história dele e explica o seu comportamento. Este também entrou para a minha lista dos favoritos.

O herói grego – Novo e melhorado!, de Hilari Bell

Hillari compara os heróis modernos com os heróis antigos.

Nem mesmo os deuses são perfeitos, de Elizabeth E. Wein

A autora fala sobre as fraquezas dos heróis, que são suas marcas de grandeza, porque, afinal, ninguém é perfeito.

Olhos congelados, de Kathi Appelt

A autora fala sobre os Oráculos e profecias, também gostei muito dessa parte.

A linguagem do coração, de Sophie Masson

Fala sobre como os monstros mexem com o inconsciente, dando como exemplo uma situação pelo qual a autora passou.

Glossário de antigos mitos gregos, de Nigel Rodgers

Esta parte fala sobre os personagens mais famosos da mitologia grega, é muito interessante, aprendi bastante. Sem dúvida foi o que eu mais gostei.

As análises que eu mais gostei foram as que falaram sobre os mitos gregos, pois foram explicadas de uma forma bem bacana, melhor que algumas explicações da Wikipédia.

Espero que não se decepcionem pelo livro não ter histórias, e que gostem da leitura 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s